Sinta-se em casa

 Helloeverybody! 

    Estamos começando uma nova jornada no Blog BOM SABER da Fatec Jaboticabal! Por aqui, vamos falar um pouco sobre a língua inglesa... sim, a língua de Shakesperare e dos Yankees.

 

    Hoje, estima-se que aproximadamente 1 bilhão de pessoas falem inglês e o idioma é considerado a lingua franca, ou seja, a língua pela qual a maior parte da população de outras línguas se comunica mundo afora.


    E, nada melhor pra começar, que expressões usadas para você se sentir à vontade por aqui!   


So, make yourself at home and thanks for joining us!


  Quando queremos que uma pessoa se sinta em casa, podemos usar duas expressões bem conhecidas: Make yourself at home  e Help yourself. Mas você sabe qual a diferença entre elas? 


    Bom, quando você recebe uma visita na sua casa, por exemplo, é comum dizer "make yourself at home", como uma maneira de dizer para a pessoa relaxar, ficar confortável e agir como se estivesse na própria casa. Imagina só: você vai até a porta receber a visita e, enquanto ela vai entrando, você já vai dizendo "Hello! Come on in! Make yourself at home". Em português, essa expressão seria algo como "sinta-se em casa".


    No entanto, existe uma outra forma de dizer "sinta-se em casa, fique à vontade", quando sua visita já não é lá tão visita, e você dá a ela liberdade para, por exemplo, abrir a geladeira e se servir do que quiser. Nesse caso, usaríamos help yourself, ou seja, em português, também teríamos algo como "sinta-se em casa, fique à vontade", mas, em inglês, usamos essa forma diferente


    Você está, então, com suas visitas, e para que todos possam, sem cerimônia, pegar uma cerveja, que está, (deliciosamente) esperando na geladeira, você pode dizer: "There's beer on the fridgeplease, help yourself!". Assim, os convidados sabem que podem se servir à vontade, indo até a geladeira, sem ter que pedir que você pare de tomar a sua cerveja para servi-los.


    Existe também a expressão suit yourself, que é usada quando alguém decide fazer alguma coisa da forma que deseja, mas essa forma não é a que você deseja, mas sabe que a pessoa está tomando a melhor decisão para si. Por exemplo, imagine que você quer ir a uma festa e quer que sua BFF (best friend forever) vá com você. Mas, ela diz que está cansada e que vai direto pra cama. Você insiste, mas ela não arreda pé. Você pode dizer pra ela suit yourself como uma maneira de reconhecer que mesmo que não concorde com a decisão dela você não vai mais insistir ou tentar convencê-la: 

 


Então, querides, fiquem à vontade no nosso blog.

Make yourself at home and help yourself de todo o conteúdo por aqui! 

 

See you!


Profa. Priscilla Ferro 

 



REFERÊNCIA:

GIMENEZ, Telma et al . Inglês como língua franca: desenvolvimentos recentes. Rev. bras. linguist. apl.,  Belo Horizonte ,  v. 15, n. 3, p. 593-619,  Sept.  2015 .   Available from Scielo access on  14  Sept.  2020.




Imagem 01 - Freepik @master1305
Imagem 02 - Valeria Z (Texto Priscilla Ferro)
Desenvolvimento - Valeria Z/Comunicação Fatec Jaboticabal e Fernanda de Freitas Borges
Texto - Priscilla Ferro


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL)

Governança para a Sustentabilidade

Como será o mundo pós Covid-19?